A Mostra Geração é o segmento infanto-juvenil do Festival do Rio, o maior evento audiovisual da América Latina.

Esse ano estamos celebrando 15 anos.

São vários Programas:

O Internacional, inclui longas vindos de várias partes do planeta/do mundo com temáticas focadas nas crianças e nos jovens.

O Vídeo Fórum apresenta e debate os trabalhos produzidos por eles mesmos. É o momento de ver na tela grande a sua própria produção.

Além disso, a Mostra Geração oferece encontros especiais para educadores e diversas atividades.

Fique de olho: o Festival do Rio 2014 acontecerá entre 24 de setembro e 08 de outubro.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

CONFIRA O VÍDEO MÍDIA SOCIAIS



A Oficina Geração em 2011 trabalhou o tema Making Of. Todos os jovens que participaram, tinham como objetivo registrar os bastidores do Festival do Rio. Sediada no Armazém da Utopia, a Oficina foi uma boa oportunidade para os estudantes de 13 a 18 anos conhecerem um pouco mais sobre a sétima arte e o próprio Festival do Rio. A Oficina Geração é uma realização da Mostra Geração e conta com a parceria da Macinrio e do supermercado Prezunic.

CONFIRA O VÍDEO ARTE DA CRIAÇÃO


Realizado pelos estudantes do Colégio Brigadeiro Newton Braga, o vídeo Arte da Criação, é mais uma realização da Oficina Geração - Making Of, produzida pela Mostra Geração durante o Festival do Rio. A Oficina foi ministrada por Cavi Borges, Luciano Vidigal e Abelardo de Carvalho. A Oficina Geração conta com o apoio da Macinrio e do supermercado Prezunic.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

LIÇÕES DE UM SONHO É O PREFERIDO DO PÚBLICO DA MOSTRA GERAÇÃO


Com 95% de aprovação, a produção alemã LIÇÕES DE UM SONHO, foi eleito o filme preferido do público que compareceu na Mostra Geração. Estrelado por Daniel Bruhl (Edukators e Adeus, Lênin), LIÇÕES DE UM SONHO é baseado na história real do professor Konrad Koch, que retorna para a Alemanha em 1874 depois de estudar em Oxford, Inglaterra. Para conquistar a atenção de seus alunos de língua inglesa, ele passa a usar como atrativo um novo esporte criado pelos ingleses. E com isso, aos poucos ganha a confiança dos estudantes e introduz o futebol na Alemanha.

CONFIRA O VÍDEO CINEMA: VERDADES E MENTIRAS


Segue mais um vídeo produzido na Oficina Geração - Making Of, organizada pela Mostra Geração. Hoje é o último dia da Oficina Geração, que em 2011 contou com o apoio da Macinrio e do supermercado Prezunic.

UM DIA NA MOSTRA GERAÇÃO


O dia 17 de outubro de 2011 ficará marcado na vida dos alunos da professora Janete Ribeiro, do Colégio Brigadeiro Newton Braga, na Ilha do Governador. Foi um dia bem atípico para todos eles. Bem cedo estavam na sala 2 do Estação SESC Rio conferindo os filmes do Programa Vídeo Fórum. Foram para conhecer, assistir os curtas-metragens realizados por outras crianças e jovens, da mesma idade ou até mesmo mais novos do que eles. Participaram do debate ao final da sessão e ficaram por dentro de como é produzir um filme com a turma da escola.
De Botafogo os estudantes seguiram para o Armazém da Utopia para participar da Oficina Geração – Making Of. Ficaram encantados com o que viram: figurinos e cenários de novelas, ali tão pertinho. Tudo muito novo, inédito para eles. E o que não esperavam era encontrar ali, tão próximo deles, o ator Selton Mello e a atriz Sophia Reis. Correria geral para fotos e autógrafos.

Selton Mello com os alunos do Colégio Brigadeiro Newton Braga

Sophia Reis e os alunos do Colégio Brigadeiro Newton Braga
Para a professora Janete Ribeiro a escola não pode ser mera transmissora de imagens, mas também deve produzir imagens. E por isso ela levou seus alunos na Mostra Geração. Há 5 anos ela freqüenta as sessões da Mostra Geração e acredita que levar seus alunos do Colégio Brigadeiro Newton Braga serviu como estímulo para que no futuro eles possam produzir e enviar seus vídeos para participar do Festival do Rio.
- Se ver nas imagens, produzidas por eles mesmos, é algo que levanta a auto-estima de cada um desses estudantes. Alguns já produzem vídeos, desenvolvem trabalhos de edição. Eles adoraram participar do Vídeo Fórum e viram que não é nada fácil realizar um filme de 3 minutos. Ter ouvido outros estudantes, a experiência vivida por eles, os estimula a querer estar naquela mesma posição – declarou a professora.

Professora Janete Ribeiro
A turma, de 20 alunos, participou da Oficina Geração – Making Of e realizou um vídeo falando sobre a cenografia montada no Armazém da Utopia. Maria Rita Santana, de 12 anos, foi uma das responsáveis em fazer o roteiro, elaborar as perguntas para os entrevistados. Atenta a tudo que acontecia no Armazém da Utopia, também não perdeu a oportunidade tirar uma foto ao lado do Selton Mello. Mas segundo ela, o que mais gostou nessa experiência de passar um dia na Mostra Geração foi assistir uma variedade de curtas interessantes.
- Assistir vídeos produzidos por crianças de outros lugares, outros países inclusive, foi bem inspirador. Gostaria de ter a oportunidade de um dia fazer um filme legal. Mesmo que com poucos recursos, mas com os meus amigos. Pois o cinema une as pessoas – comentou a jovem.

Para Fernando Costa, de 13 anos, colega de classe de Maria Rita, o Vídeo Fórum é muito importante pois apresenta uma nova geração de realizadores e proporciona uma troca de idéias, o que para alguém que está começando é bem importante. Ele já tem experiência com edição de vídeos. Curte o trabalho de edição e faz questão de colocá-los no YouTube. Na Oficina Geração colaborou em diversas áreas, além da edição. Contribuiu na produção e na filmagem.
- Eu acho que fizemo um bom trabalho. Todos ajudaram um pouco. É difícil criar um vídeo em pouco tempo. Foi uma grande responsabilidade para todos nós – falou Fernando.

Maria Rita Santana e Fernando Costa
No fim do dia, com o vídeo da Oficina Geração realizado, o que ficou para Maria Rita, Fernando e toda a turma é que no ano que vem eles querem estar ali de novo. Participando da Mostra Geração. Só que agora, exibindo um filme realizado por eles.

Estudantes do Colégio Brigadeiro Newton Braga na Oficina Geração - Making of

Fotos: Adamo Granato

ÚLTIMO DIA DO PROGRAMA VÍDEO FÓRUM

Hoje, dia 18 de outubro, é o último dia do Programa Vídeo Fórum. Serão exibidos 12 curtas-metragens realizados por crianças e jovens de Fortaleza, São Paulo, Rio de Janeiro e da Itália. A sessão começa às 8h30, na sala 1 do Estação SESC Rio (Rua Voluntários da Pátria, 35, Botafogo).

Programa 4

Faixa etária indicada: a partir de 13 anos

A BOLA

Animação, 4’30’’, Fortaleza/CE, 2011.

Realização: Curso de Audiovisual Educando o Olhar – Fortaleza CE

A CASA DO DEMÔNIO

Ficção, 11’30”, Rio de Janeiro/RJ, 2010.

Realização: Centro Educacional Anísio Teixeira – Santa Tereza

BRINCADEIRA DE CRIANÇA

Animação, 2’, Rio de Janeiro/RJ, 2010

Realização: CIEP Pres. Agostinho Neto - Humaitá

CARTINI ANIMATI

Animação, 3’30’’, Ponte San Nicolò/Itália, 2011.

Realização: Istituto Comprensivo Statale

CINEMA DE SOMBRAS

Animação, 2’30’’, Rio de Janeiro/RJ, 2011.

Realização: Laura Bezerra Lima – Vila da Penha

FLOR MÁGICA

Ficção, 7’30’’, Rio de Janeiro/RJ, 2011.

Realização: CIEP Gregório Bezerra - Imagine Filmes - Penha

IMPLICÂNCIA

Ficção, 1’30’’, Rio de Janeiro/RJ, 2011.

Realização: Núcleo de Arte Copacabana - Copacabana

MEU BAIRRO

Animação, 1’40’’, Rio de Janeiro/RJ, 2010.

Realização: Escola Municipal Roraima - Cordovil

O CANTO DAS IARAS

Ficção, 3’, Atibaia/SP, 2010.

Realização: Cinema e Cidadania – Prefeitura da Estância de Atibaia – Atibaia SP

UM CONTO DE VERÃO

Animação, 1’, Rio de Janeiro/RJ, 2011.

Realização: Escola Municipal Monteiro Lobato - Flamengo

VERDURA

Animação, 1’30’’, Ponte San Nicolò/Itália, 2010.

Realização: Istituto Comprensivo Statale

XOTE ECOLÓGICO

Animação, 2’30’’, Rio de Janeiro/RJ, 2011.

Realização: Pólo de Educação Para o Trabalho Telêmaco Gonçalves Maia – Vila da Penha

UM CONTO SOBRE A GANÂNCIA É O ÚLTIMO FILME DA PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA GERAÇÃO 2011


UM CONTO SOBRE A GANÂNCIA (Dublagem ao vivo)

(A Tale of Greed)

Animação / Cor / DVCAM / 72 min :: Irã/ 2009

Direção: Sepehr Ali Mohammad Loo

Faixa etária indicada: a partir de 7 anos

Sinopse: Conta-se que um poderoso rei foi convencido pelo seu grão vizir a invadir outros países para levar a felicidade. Seu mais valoroso guerreiro crê realmente nisso. Luta bravamente contra os soldados que defendem a terra invadida. Mas tudo o leva a refletir sobre os males da guerra, da vaidade e da ambição desmedida.

Curta Nacional: SONHANDO PASSARINHO

Ficção / Cor / Mini DV / 11 min.::Brasília/ 2011

Direção: Bruna Carolli

Era uma vez uma menininha que olhava para o céu e nele enxergava a felicidade. Uma felicidade feita de sonhos, passarinhos e pregadores de roupa.

TER (18/10) 14:45 Est Sesc Rio 1 [ER174]

ÚLTIMA CHANCE PARA CONFERIR A ESTRELA DE COPERNICO


A ESTRELA DE COPERNICO (Dublagem ao vivo)

(Copernicus’ Star)

Animação / Cor / 35 mm / 90 min :: Polônia / 2009

Direção: Zdzislaw kudla e Andrzej Orzechowski

Faixa etária indicada: a partir de 10 anos

Sinopse..A história do astrônomo que formulou a teoria heliocêntrica. Copérnico aprendeu a apreciar o céu com o pai e sua curiosidade infantil foi aguçada por um astrólogo. Aprofundando seus estudos, acaba desvendando o funcionamento do sistema solar e abalando as explicações religiosas da época.

Curta Nacional: TENTÁCULOS

Animação / Cor / 35mm / 6 min.:: Rio de Janeiro/ 2010

Direção: Vinicius Lewer

De baixo da cama de um menino surgem tentáculos que parecem querer pegar para si tudo o que encontram pelo quarto. Enfrentando o seu medo, o menino consegue supreender a todos com um final inesperado.

TER (18/10) 9:00 Est Sesc Rio 1 [ER172]

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

HOJE TEM VÍDEO FÓRUM

Hoje tem a terceira sessão do Programa Vídeo Fórum. Os curtas-metragens produzidos por crianças e jovens de até 18 anos, serão exibidos a partir das 8h30 na sala 2 do Estação SESC Rio (Rua Voluntários da Pátria, 35, Botafogo).
Confira abaixo a programação dessa segunda-feira, dia 17 de outubro.

Programa 3

Faixa etária indicada: a partir de 10 anos

A LOIRA DO BANHEIRO

Animação, 2’30”, Cabo Frio/RJ, 2011.

Realização: Escola Municipal Professor Zélio Jotha – Cabo Frio RJ

A MÃE NATUREZA CONTRA A DESTRUIÇÃO DO PLANETA

Ficção, 4’, Rio de Janeiro/RJ, 2010.

Realização: Núcleo de Arte Grécia – Vila da Penha

A MENINA QUE NÃO ERA MALUQUINHA

Ficção,5’, Nova Friburgo/RJ, 2010.

Realização: Instituto de Educação de Nova Friburgo – Nova Friburgo RJ

CAIÇARA DE RAÇA

Animação, 2’30’’, Paraty/RJ, 2010.

Realização: Associação Casa Azul - Ponto de Cultura Flipinha – Paraty RJ

CAMINANTE

Experimental, 2’, Vicente López/Argentina, 2010.

Realização: Primera Escuela de Cine Infantil Y Juvenil Taller de Cine "El Mate"

COM DEFEITO

Ficção, 2’30’’, Cabo Frio/RJ, 2011.

Realização: Escola Municipal Américo Vespúcio – Cabo Frio RJ

DIES DE SOLITUD

Ficção, 10’, Barcelona/Espanha, 2011.

Realização: A Bao A Qu / Cinema en Curs

MEU AMIGO FOI PRO CÉU

Ficção, 4’30’’, Rio de Janeiro/RJ, 2010.

Realização: Curta Favela Paquetá RJ

O VERDADEIRO TESOURO

Animação, 1’30’’, Recife/PE, 2011.

Realização: Escola Técnica Estadual Cícero Dias – Recife PE

PELO BURACO DA FECHADURA DA ESCOLA

Ficção, 2’35’’, Rio de Janeiro/RJ, 2011.

Realização: CINEAD – UFRJ Lagoa

QUINIENTOS SUCRES

Ficção, 5’30’’, Quito/Equador, 2010.

Realização: La Poderosa Media Project

SARACURUNA NEWS DA LUA

Documentário, 5’, Duque de Caxias/RJ, 2010.

Realização: CIEP 318 Paulo Mendes Campos – Duque de Caxias RJ

SUPERNORMAL

Experimental, 1’, Vicente López/Argentina, 2010.

Realização: Primera Escuela de Cine Infantil Y Juvenil Taller de Cine "El Mate"

UM DIA SÓ

Ficção, 7’, Rio de Janeiro/RJ, 2010.

Realização: Núcleo de Arte Grande Otelo - Deodoro

VIDA EM MANCHETES

Ficção, 5’, Rio de Janeiro/RJ, 2010.

Realização: Escola Municipal Roberto Burle Marx - Jacarepaguá

HOJE NA MOSTRA GERAÇÃO TEM A ESTRELA DE COPERNICO


A ESTRELA DE COPERNICO (Dublagem ao vivo)

(Copernicus’ Star)

Animação / Cor / 35 mm / 90 min :: Polônia / 2009

Direção: Zdzislaw kudla e Andrzej Orzechowski

Faixa etária indicada: a partir de 10 anos

Sinopse..A história do astrônomo que formulou a teoria heliocêntrica. Copérnico aprendeu a apreciar o céu com o pai e sua curiosidade infantil foi aguçada por um astrólogo. Aprofundando seus estudos, acaba desvendando o funcionamento do sistema solar e abalando as explicações religiosas da época.

Curta Nacional: TENTÁCULOS

Animação / Cor / 35mm / 6 min.:: Rio de Janeiro/ 2010

Direção: Vinicius Lewer

De baixo da cama de um menino surgem tentáculos que parecem querer pegar para si tudo o que encontram pelo quarto. Enfrentando o seu medo, o menino consegue supreender a todos com um final inesperado.

SEG (17/10) 14:45 Est Sesc Rio 1 [ER167]

ÚLTIMA CHANCE DE CONFERIR O CLUBE DO TIGRE


Hoje, às 9h, é a última chance de conferir a aventura alemã O CLUBE DO TIGRE. O filme será exibido com dublagem ao vivo, na sala 1 do Estação SESC Rio, que fica na Rua Voluntários da Pátria, 35, Botafogo. Imperdível!

CONFIRA A RESENHA DE A ESTRELA DE COPÉRNICO

Resenha Crítica do longa A ESTRELA DE COPÉRNICO (Gwiazda Kopernika)
Polônia, 2009, 105min.
Direção: Zdzislaw Kudla e Andrzej Orzechowski

Por Roberto Neto e Rosália Duarte

A ESTRELA DE COPÉRNICO é uma animação bem singela, porém, com roteiro muito interessante e, de certa forma, educativo nos padrões didáticos. O longa-metragem trata de maneira fantasiosa a vida de Nicolau Copérnico.

O pai de Nicolau o ensinou, quando ainda era uma criança, que todos possuem uma estrela, e a mesma nasce, cresce e padece conosco, acompanhando-nos por toda vida. Quando ficou um pouco mais velho, Nicolau esperava seu pai voltar de suas viagens mercantis para ver as estrelas em sua companhia, sendo sempre um aficionado pelo céu.

Durante o desenrolar da trama, podemos perceber que Copérnico sempre teve uma relação de proximidade com as estrelas, algo como um Nicolau que sempre será criança e conversará com elas, e, inclusive, com as constelações que regem os signos. O crescimento do personagem independe do crescimento de seu “alter-ego” estelar, porém, o amadurecimento é fruto das experiências estelares dele.

À medida que Nicolau vai envelhecendo, ele começa a se graduar e a desenvolver sua teoria heliocêntrica, que é tratada com cautela, pois, como vivia na idade média, havia o risco de heresia, e ele sempre se mostrara um católico fervoroso.

Ao final do filme, os diretores Zdzislaw Kudla e Andrzej Orzechowski inseriram considerações que enfatizam a ideia de filme biográfico, apesar de toda fantasia ao redor dos personagens.

É filme muito interessante, pois apesar de não possuir técnica sofisticada, o roteiro trata a vida de um grande nome da ciência de uma maneira divertida e irreverente, tornando-o adequado a crianças que possuem curiosidade apurada.

Roberto Neto é estudante de engenharia na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e cinéfilo.

Rosalia Duarte possui graduação em Psicologia pela UERJ, mestrado em Educação pela FGV e doutorado em Educação pela PUC-Rio. Atualmente é professora do Departamento de Educação da PUC-Rio, onde coordena o Grupo de Pesquisa em Educação e Mídia (GRUPEM).

domingo, 16 de outubro de 2011

UM GATO EM PARIS É A ATRAÇÃO DE HOJE NO CINE TELABRASIL


A Mostra Geração expandiu sua atuação em 2011. Além dos filmes programados em cinemas da Zona Sul do Rio, a Mostra Geração chegou a Zona Oeste, através de uma parceria do Festival do Rio com o Cine TelaBrasil. A tenda cinematográfica foi armada em Realengo e mobilizou a região exibindo diversos filmes da programação oficial do Festival do Rio.


E a Mostra Geração esteve lá, levando para a garotada de Realengo o melhor do cinema infanto-juvenil produzido no mundo. No dia 12 de outubro, Dia das Crianças, foram apresentados a animação polonesa A ESTRELA DE COPÉRNICO e também a aventura alemã O CLUBE DO TIGRE.

Ontem, dia 16, foi exibido o divertido filme dinamarquês KNERTEN. Detalhe: os três filmes exibidos contaram com dublagem ao vivo. Uma experiência nova para quem foi ao Cine TelaBrasil.

E hoje, domingo dia 16 de outubro, é o último dia da Mostra Geração em Realengo. E para fechar com chave de ouro a presença da Mostra Geração no Cine TelaBrasil, será exibido a animação UM GATO EM PARIS. O filme já é dublado em português, pois entra em cartaz no dia 21 de outubro.

O público compareceu às sessões da Mostra Geração, comprovando o sucesso da iniciativa. E no final de cada filme, ainda votou naqueles que mais gostaram. É Realengo participando da Mostra Geração e ainda escolhendo os melhores filmes exibidos.

Fotos: Adamo Granato

CONFIRA O VÍDEO LUZ, CÂMERA, TRANSPORTE





O objeto da OFICINA GERAÇÃO - MAKING OF em 2011 é falar sobre a importância do registro dos bastidores do cinema. A galera que tem participado da OFICINA GERAÇÃO são estudantes entre 13 e 18 anos. Além de aprender um pouco sobre o que acontece por trás das câmeras, os jovens ainda produzem um vídeo, onde registram os bastidores do Festival do Rio. Especificamente, do que acontece no Armazém da Utopia. A OFICINA GERAÇÃO conta com o apoio da Macinrio e do supermercado Prezunic.

CONFIRA O VÍDEO O MAKING OF DO MAKING OF





Mais um vídeo realizado durante a OFICINA GERAÇÃO - MAKING OF, que acontece durante o Festival do Rio. Promovido pela Mostra Geração a Oficina tem como tema em 2011 os bastidores do cinema e a importância de seu registro. Esse vídeo foi produzido pelo grupo Jovens Vivendo Arte Contemporânea, de Nova Friburgo. Depois de exibirem o curta-metragem OS DOIS LADOS DA MOEDA e emocionar o público do Programa Vídeo Fórum, a galera de Friburgo foi correndo para o Armazém da Utopia participar da Oficina Geração e aprender um pouco mais sobre a sétima arte. A Oficina Geração conta com o apoio da Macinrio e do supermercado Prezunic.

CONFIRA O VÍDEO A ARTE DE PROJETAR REALIZADO NA OFICINA GERAÇÃO - MAKING OF





Durante o Festival do Rio a Mostra Geração promove a Oficina Geração. Em 2011 o tema da Oficina é o Making Of. Ministrada pelos jovens realizadores Cavi Borges, Luciano Vidigal e Abelardo de Carvalho, a Oficina Geração é uma boa oportunidade para que jovens entre 13 e 18 anos conheçam um pouco mais sobre os bastidores do cinema. O vídeo A ARTE DE PROJETAR foi realizado no Armazém da Utopia e fala sobre a projeção dos filmes exibidos por lá. A Oficina Geração conta com o apoio da Macinrio e do supermercado Prezunic.

MOSTRA GERAÇÃO ABRE PRIMEIRO DIA DO VÍDEO FÓRUM DO FESTIVAL 2011


Na segunda-feira, 10 de outubro, a MOSTRA GERAÇÃO realizou o primeiro dia do Programa Vídeo Fórum, espaço reservado para exibição de filmes realizados por estudantes da rede pública e privada com o objetivo de promover a troca de ideias e experiências entre os seus participantes. Foram apresentados 12 trabalhos de diversas escolas. O grupo lotou a sala 2 do Estação SESC Rio. Cada bloco de filmes foi precedido pela apresentação de seus realizadores. Beatriz Porto e Mônica Alves, responsáveis pela apresentação e mediação do debate, convidaram os grupos para contar um pouco sobre a participação de cada componente no trabalho que seria exibido. A mostra arrancou aplausos, muitos risos e provocou algumas pausas para reflexão.

Na primeira das quatro etapas do Programa Video Fórum, o encontro exibiu os filmes Água eu cuido dela! E você?, do Centro Educacional Espaço Integrado (RJ) – com um rap que levantou a galera – seguido de Bilhete da Sorte, de Lucas Younes de Araujo, e do filme Comparativo entre as Espécies, do Instituto Marlin Azul, animação que veio do Espírito Santo e agradou muito. Baseado na lenda amazônica, O Boto, representou a Escola Municipal Comunidade de Vargem Grande (RJ), seguido de A Voz do Rádio, ficção sobre a vida da cantora e atriz Carmem Miranda, e de Em que posso estar ajudando – os dois últimos projetos da Escola Audiovisual Cinema Nosso (RJ).

O bloco foi seguido por Solidão, ficção da D.R. Produções, também de Vargem Grande, e, em um alerta sobre as drogas, a ficção Viajando na Parada, da Escola Municipal Monteiro Lobato (RJ), provocou suspense sobre o desfecho da história. A cidade de Cabo Frio esteve presente com quatro trabalhos: Liras e Jagunços, documentário realizado pelos alunos da Escola Municipal Professor Edilson Duarte, que retratou um período importante da história do município; O Quarto, da Escola Municipal Professora Talita Hernandes Perelló, que brincou com a bagunça do adolescentes e recebeu muitos aplausos; a lenda urbana A loura do Banheiro, da Escola Municipal Professor Zélio Jotha; eCom Defeito, da Escola Municipal Américo Vespúcio.

O jovem roteirista e diretor de Bilhete da Sorte, Lucas Younes de Araujo, de 17 anos, conta que, aos nove, já gostava de escrever histórias. Ele já tinha um esboço do roteiro quando a professora pediu um trabalho abordando os direitos dos idosos.

– Precisei fazer algumas adaptações. Reuni os colegas e deu certo, explica o estudante que pretende fazer cinema.

Lucas Younes

O aluno Renan Martins da Silva, 14 anos, do 8º ano, participou de várias etapas do Viajando na Parada e comenta com entusiasmo que o filme começou com um concurso sobre prevenção às drogas.

– Eu acho importante esse trabalho para a turma se tocar que não pode entrar nessa, diz o carismático ator que pretende fazer teatro.

O Vídeo Fórum já teve uma sessão no dia 11, e prossegue com as últimas apresentações nos dias 17 e 18 de outubro. O Vídeo Fórum tem a curadoria de Beth Bullara e Felícia Krumholz e conta com o apoio da Macinrio e do supermercado Prezunic.

Fotos: Adamo Granato

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

PARCERIAS QUE DÃO CERTO

Para que a Mostra Geração se concretize, algumas parcerias são necessárias para o desenvolvimento dos trabalhos. E na edição de 2011 dois parceiros foram essenciais para que a Mostra Geração acontecesse: Macinrio e Prezunic.
A Macinrio é a principal representante da Apple no Rio de Janeiro. E mais uma vez apoia a Mostra Geração cedendo computadores usados pela equipe de produção da mostra e também na Oficina Geração – Making Of. Os vídeos produzidos pelos jovens que participam das oficinas são editados em máquinas da Macinrio. Assim como todo o material de audiovisual produzido pela equipe da Mostra Geração. Ao todo são cinco equipamentos disponibilizados pela Macinrio. Mais informações pelo site www.macinrio.com.
Outro parceiro da Mostra Geração é o supermercado Prezunic. Com o apoio deles, as crianças e jovens que comparecem aos eventos da Mostra Geração recebem ao final de cada sessão um kit lanche com produtos disponibilizados pelo Prezunic. No final de cada apresentação, ainda extasiados com o filme assistido, a galerinha se diverte mais ainda com o lanche fornecido pela equipe da Mostra Geração.
Parceiros como a Macinrio e o Prezunic são importantes e essenciais para o desenvolvimento dos trabalhos da Mostra Geração. Por isso, agradecemos publicamente os apoios e esperamos poder contar com eles nas próximas edições.

IMPRIMA O SEU PAPER TOY

A MOSTRA GERAÇÃO oferece 4 modelos de paper toy. Não perca tempo, imprima e faça logo o seu.




MOSTRA GERAÇÃO NA MÍDIA: GLOBO ZONA SUL, 13/10/2011

NÃO PERCA HOJE O FILME BUNNY DROP

Resenha Crítica do longa BUNNY DROP

Japão, 2011, 115min.

Direção: Hiroyuki Tanaka

Por Bia A. Porto

Bunny drop, em inglês, é uma expressão para um coelhinho que chora, como a menina Rin, de 6 anos, que derrama uma lágrima no funeral de seu pai, o avô de Daikichi, rapaz já com seus 20 anos.

Quem será a mãe de Rin? Quem vai cuidar dela agora, pergunta a família. Ninguém sabia sequer da existência da menina até aquele dia. Todos achavam melhor encaminhá-la para um orfanato. Num impulso, Daikichi decide adotar a tia temporã.

Este é um filme para criança ou sobre criança? Ou sobre e para jovens pais? Ou para jovens - desde os adolescentes - sobre o que significa cuidar de uma criança? Todas as alternativas são verdadeiras, assim como BUNNY DROP é um filme para pais coroas, pais-avôs, avôs e todas as mães, até mesmo aquelas que se afastaram de seus filhos pelos mais diferentes motivos.

Que loucura foi esta opção de Daikichi! Criança tem que comer, se vestir, ir para a escola; fica doente, faz xixi na cama... Criança é simples e ao mesmo tempo são seres “surpreendentemente sofisticados por dentro”, como bem observa um colega de trabalho de Daikichi.

E jovens precisam trabalhar, e namorar, e Daikichi sonha com as modelos das revistas em ótimas sequências, em que aparece dançando acaloradamente com as musas da publicidade. E de repente, este jovem precisa abrir mão do futuro que ele estava construindo. Ele precisa de mais tempo para o futuro de Rin e percebe que isto é o seu presente.

A fotografia delicada torna poética a narrativa das descobertas desses dois jovens. BUNNY DROP é lindo!

Bia A. Porto é mestranda em Educação e integra o Grupo de Pesquisa em Educação e Mídia (GRUPEM), coordenado pela professora Rosalia Duarte e vinculado ao Departamento de Educação da PUC-Rio.

HOJE TEM MAIS UMA SESSÃO DE KNERTEN


KNERTEN (Dublagem ao vivo)

(Knerten)

Ficção / Cor / 35mm / 75 min :: Noruega/ 2009

Direção: Asleik Engmark

Faixa etária indicada: a partir de 5 anos

Sinopse: A família de Lillebror está passando por dificuldades financeiras e se muda para uma velha casa no interior. Lá ele conhece um estranho ser com quem faz sólida amizade, explora o mundo encantado da floresta e ainda arruma uma solução para os problemas familiares.

Curta Nacional: O MUNDO DE OLIM E OILUT

Ficção / Cor / 35mm / 13 min.:: São Paulo / 2011

Direção: Caru Alves de Souza

Milu tem 6 anos e está de férias. Isso não significa diversão, pois ela tem que ficar sozinha em casa enquanto sua mãe trabalha. Túlio, um menino misterioso, a convida para brincar. Aos poucos, suas brincadeiras e fantasias tomam conta da realidade que os cerca.

SEX (14/10) 9:00 Est Sesc Rio 1 [ER146]

HOJE TEM A ÚLTIMA SESSÃO DE BUNNY DROP

BUNNY DROP (Legendado)

(Bunny Drop)

Ficção /Cor / Digibeta / 115 min :: Japão / 2011

Direção: Hiroyuki Tanaka

Faixa etária indicada: a partir de 14 anos

Sinopse: Chegando ao funeral do avô, Daikichi conhece Rin de 6 anos, filha temporã do avô. Rejeitada pela família, Rin será encaminhada a um orfanato. Daikichi não concorda com essa decisão e adota a menina. Aos poucos se dá conta do que significa cuidar de uma criança.

Curta Nacional: FELIZ PÁSCOA

Ficção / Cor / Mini DV / 8 min.:: Rio de Janeiro/ 2010

Direção: André Tavares

Camila é uma garota que queria apenas um ovo de páscoa, mas acaba sendo envolvida pelos conflitos dos pais. Ela acompanha as ações dos dois sem entender muita coisa e por causa de um descuido dos mesmos acaba ocorrendo um grave acidente.

SEX (14/10) 14:45 Est Sesc Rio 1 [ER148]

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

CONFIRA A RESENHA DE O CLUBE DO TIGRE

Resenha Crítica do longa O CLUBE DO TIGRE (Tiger Team)

Alemanha, 2010, 89min.

Direção: Peter Gersina

Por Rosalia Duarte

Biggi, Patrick e Luk formam o Clube do Tigre, uma equipe de detetives-mirins, espertos e curiosos, cuja “agência” de investigação funciona no sotão do restaurante de Mae, uma simpática senhora chinesa. Uma tarde, entre um rolinho primavera e outro, o trio quebra, acidentalmente, uma estátua de cerâmica que havia sido enviada a Mae por um tio idoso que vive na China. Começa aí uma aventura...

Conta a lenda que, no século XIV, na China, havia um palácio embaixo da Montanha dos 1000 dragões — o Palácio do Luar. Nele vivia um imperador menino que sofria de uma doença incurável: sua pele não suportava os raios do sol. A mãe, que o amava muito, mandou buscar três dos mais sábios alquimistas do mundo e deu a eles a tarefa de criar um elixir que concedesse vida eterna ao menino. Em seguida, mandou fechar para sempre a entrada do palácio, com três chaves mágicas.

A busca de informações sobre a estátua quebrada levará os três pequenos detetives à China e aos mistérios que envolvem a lenda do menino imperador e do Palácio do Luar. Suas habilidades e inteligência serão colocadas à prova, em situações perigosas e desafiadoras, pois adultos desonestos estão interessados em encontrar a entrada do palácio, com intenções nem um pouco louváveis.

O filme tem ritmo e trilha sonora de aventura, uma bela fotografia e uma excelente direção de atores. Os três atores mirins (Helena Siegmund-Schultze, Bruno Leon Schubert e Justus Kammerer) são convincentes na caracterização de suas personagens, mesmo nas circunstâncias mais improváveis como, por exemplo, quando Biggi e uma menina pouco mais velha do que ela dão uma verdadeira surra em oito garotos, grandes e fortes, que tentam roubar delas uma das três chaves do Palácio do Luar. Ou quando Luk, usando vestido de noiva e sapatos brancos de salto alto, corre desengonçado pela muralha da China, levantando com as mãos as saias engomadas.

A trama prende a atenção do espectador, diverte e, de quebra, traz uma mensagem preservacionista, alertando para a necessidade de proteção dos ursos Panda. Parece ser endereçado a crianças pequenas, mas adultos e adolescentes certamente se sentirão, também, atraídos pelas peripécias, na China, dos três tigrinhos vienenses.

Rosalia Duarte é professora do Departamento de Educação da PUC-Rio, onde coordena o Grupo de Pesquisa em Educação e Mídia (GRUPEM).

CONFIRA O TRAILER DE O CLUBE DO TIGRE ATRAÇÃO DE HOJE NA MOSTRA GERAÇÃO


O CLUBE DO TIGRE (Dublado ao vivo)

(Tiger Team)

Ficção / Cor / 35mm / 89 min :: Alemanha/ 2010

Direção: Peter Gersina

Faixa etária indicada: a partir de 10 anos

Sinopse: O Clube do Tigre é formado por três adolescentes que gostam de aventuras. Acidentalmente quebram um vaso de uma amiga chinesa. Dentro, há uma misteriosa chave. O grupo parte então para desvendar os mistérios da Montanha dos Mil Dragões.

Curta Nacional: A FÁBULA DA CORRUPÇÃO

Animação / Cor / Mini DV / 8 min.:: Porto Alegra / 2010

Direção: Lisandro Santos

Em um armazém de beira de estrada, um homem vive em paz com seus animais de estimação: o cão vigia a casa, o gato caça os ratos e o jumento é o meio de transporte. No porão da casa habitam vários ratos que vivem roubando comida em quantidades tão pequenas que não prejudicam o negócio, mas a chegada de um rato estranho acaba com a harmonia do mercadinho.

QUI (13/10) 14:45 Est Sesc Rio 1 [ER141]

HOJE TEM UM GATO EM PARIS ÀS 9H


UM GATO EM PARIS (Dublado)

(Une Vie de Chat)

Animação / Cor / Encodado Mobz / 64 min ::França/Bélgica/Noruega, Suíça / 2010

Direção: Alain Gagnol e Jean-Loup Felicioli

Faixa etária indicada: a partir de 5 anos

Sinopse O gato Dino mora em Paris e tem vida dupla: de dia vive com Zoé, filha de uma delegada de polícia. À noite, é companheiro de um sofisticado ladrão de jóias. A mãe de Zoé, além de procurar o misterioso ladrão, enfrentará outro homem, mais perigoso, que trará risco à vida de Zoé.

Curta Nacional: TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM

Ficção / Cor / DVD / 14 min.:: Porto Alegre/ 2010

Direção: Frederico Cabral

Um detetive é contratado por um homem para encontrar seu amigo imaginário de infância, desaparecido há mais de cinqüenta anos. Como encontrar alguém que só existe na imaginação de um homem?

QUI (13/10) 9:00 Est Sesc Rio 1 [ER139]

CONFIRA A RESENHA DE BORA BORA

Resenha Crítica do longa BORA BORA (Bora Bora)

Dinamarca, 2011, 90 min.
Direção: Hans Fabian Wullenweber

Por Rita Migliora

Em BORA BORA, Hans Fabian Wullenweber, diretor premiado no Festival de Berlim, traz o universo dos musicais para contar a história de uma jovem – Mia (15), que se sente desajustada no mundo, com uma relação conflituosa com a mãe, sem amigos na escola e, ainda, sofrendo bullying. A única coisa que faz com prazer é correr.

O filme conta com um bom roteiro, músicas que ecoam bem no universo jovem sem serem óbvias, inseridas de forma azeitada na história.

Mia vive em um confortável apartamento com sua mãe, mas estão em rota de atrito permanente. Mia resolve sair de casa e vai parar nas ruas de Copenhagen onde conhece Zack, que faz parte de um grupo de jovens que pretende viver longe dos pais como batedores de carteiras. Ela resolve se juntar a eles, passando por um processo de iniciação para fazer parte deste grupo. É aceita por eles, por ser uma excelente corredora. Depois de um período inicial de felicidade por se sentir livre, Mia começa a questionar as decisões que tomou.

O grupo parece bastante sedutor, mas também tem seus problemas e segredos. Essa me parece ser a mensagem do filme, que todo processo de crescimento é doloroso e implica em perdas que talvez ainda não estejamos preparados para elaborar. Mas não adianta correr de nós mesmos.

O filme trata destas questões, sobre a transição para o mundo adulto, sem usar a estética padrão de Hollywood, nem faz julgamentos maniqueístas. Além do mais as músicas, em sua grande maioria, são cantadas em dinamarquês, o que para mim é um grande atrativo. Olhar um pouco para outras e mesmas formas de ser jovem.

Rita Migliora é doutoranda em Ciências Sociais e integra o Grupo de Pesquisa em Educação e Mídia (GRUPEM), coordenado pela professora Rosalia Duarte e vinculado ao Departamento de Educação da PUC-Rio.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

DIA DAS CRIANÇAS É NA MOSTRA GERAÇÃO

Em 2011 a MOSTRA GERAÇÃO chega a Zona Oeste, e leva para o público de Realengo e adjacências o melhor do cinema infanto-juvenil produzido no mundo. Além dos longas-metragens internacionais, serão apresentados curtas-metragens brasileiros. As sessões irão acontecer em parceria com o Cine TelaBrasil. Todos os filmes estrangeiros programados serão dublados. Detalhe: dublados ao vivo! As primeiras sessões serão hoje, dia 12 de outubro, Dia das Crianças. Seguidas de exibições nos dias 15 e 16. A entrada nas sessões será franca. O Cine TelaBrasil ficará na Estrada General Conrobert P. da Costa, em Realengo, ao lado do Supermercado Extra. Para as sessões no Cine TelaBrasil a curadoria da MOSTRA GERAÇÃO selecionou os seguintes filmes:
Dia 12/10 – quarta-feira às 16h - A ESTRELA DE COPERNICO (Dublagem ao vivo)
(Copernicus’ Star)
Animação / Cor / 35 mm / 90 min :: Polônia / 2009
Direção: Zdzislaw kudla e Andrzej Orzechowski
Faixa etária indicada: a partir de 10 anos

Sinopse..A história do astrônomo que formulou a teoria heliocêntrica. Copérnico aprendeu a apreciar o céu com o pai e sua curiosidade infantil foi aguçada por um astrólogo. Aprofundando seus estudos, acaba desvendando o funcionamento do sistema solar e abalando as explicações religiosas da época.
Curta Nacional: TENTÁCULOS
Animação / Cor / 35mm / 6 min.:: Rio de Janeiro/ 2010
Direção: Vinicius Lewer
De baixo da cama de um menino surgem tentáculos que parecem querer pegar para si tudo o que encontram pelo quarto. Enfrentando o seu medo, o menino consegue supreender a todos com um final inesperado.
Dia 12/10 – quarta-feira às 18h - O CLUBE DO TIGRE (Dublado ao vivo)
(Tiger Team)
Ficção / Cor / 35mm / 89 min :: Alemanha/ 2010
Direção: Peter Gersina
Faixa etária indicada: a partir de 10 anos

Sinopse: O Clube do Tigre é formado por três adolescentes que gostam de aventuras. Acidentalmente quebram um vaso de uma amiga chinesa. Dentro, há uma misteriosa chave. O grupo parte então para desvendar os mistérios da Montanha dos Mil Dragões.
Curta Nacional: A FÁBULA DA CORRUPÇÃO
Animação / Cor / Mini DV / 8 min.:: Porto Alegra / 2010
Direção: Lisandro Santos
Em um armazém de beira de estrada, um homem vive em paz com seus animais de estimação: o cão vigia a casa, o gato caça os ratos e o jumento é o meio de transporte. No porão da casa habitam vários ratos que vivem roubando comida em quantidades tão pequenas que não prejudicam o negócio, mas a chegada de um rato estranho acaba com a harmonia do mercadinho.
Dia 15/10 – sábado às 16h - KNERTEN (Dublagem ao vivo)
(Knerten)
Ficção / Cor / 35mm / 75 min :: Noruega/ 2009
Direção: Asleik Engmark
Faixa etária indicada: a partir de 5 anos

Sinopse: A família de Lillebror está passando por dificuldades financeiras e se muda para uma velha casa no interior. Lá ele conhece um estranho ser com quem faz sólida amizade, explora o mundo encantado da floresta e ainda arruma uma solução para os problemas familiares.
Curta Nacional: O MUNDO DE OLIM E OILUT
Ficção / Cor / 35mm / 13 min.:: São Paulo / 2011
Direção: Caru Alves de Souza
Milu tem 6 anos e está de férias. Isso não significa diversão, pois ela tem que ficar sozinha em casa enquanto sua mãe trabalha. Túlio, um menino misterioso, a convida para brincar. Aos poucos, suas brincadeiras e fantasias tomam conta da realidade que os cerca.
Dia 16/10 – domingo às 16h - UM GATO EM PARIS (Dublado)
(Une Vie de Chat)
Animação / Cor / Encodado Mobz / 64 min ::França/Bélgica/Noruega, Suíça / 2010
Direção: Alain Gagnol e Jean-Loup Felicioli
Faixa etária indicada: a partir de 5 anos

Sinopse: O gato Dino mora em Paris e tem vida dupla: de dia vive com Zoé, filha de uma delegada de polícia. À noite, é companheiro de um sofisticado ladrão de jóias. A mãe de Zoé, além de procurar o misterioso ladrão, enfrentará outro homem, mais perigoso, que trará risco à vida de Zoé.
Curta Nacional: TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM
Ficção / Cor / DVD / 14 min.:: Porto Alegre/ 2010
Direção: Frederico Cabral
Um detetive é contratado por um homem para encontrar seu amigo imaginário de infância, desaparecido há mais de cinqüenta anos. Como encontrar alguém que só existe na imaginação de um homem?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

KNERTEN É O FILME DE HOJE A TARDE NA MOSTRA GERAÇÃO

Resenha Crítica do longa KNERTEN (Knerten)

Noruega, 2009, 75 min.

Direção: Asleik Engmark

Por Andrea Garcez

KNERTEN é baseado no livro infantil da escritora Anne-Cath Vestly e dirigido por Asleik Engmark, que também dubla o personagem que dá nome ao filme - um pequeno galho caído de uma árvore e amigo imaginário de Lillebror - um menino que acaba de se mudar com a sua família para o campo.

A casa está velha e precisa de muitos reparos, a família passa por dificuldades financeiras e todos – Lillebror, seus pais e seu irmão mais velho, Phillip – tentam adaptar-se à nova situação.

Trata-se de um filme bem leve e divertido, com passagens deliciosas sobre o universo infantil, mas que tangencia algumas questões interessantes que poderíamos explorar de maneira mais profunda, como a relação do irmão com os novos amigos da escola e a dificuldade de ser aceito, ou mesmo a situação econômica da família. KNERTEN tem o mérito de nos lembrar o quanto é difícil ser criança, seja em qualquer época ou lugar.

Enquanto Lillebror tem que lidar com os desafios de sua nova vida, ele e Knerten vivem muitas aventuras com direito a floresta, dragões, castelos, cavalos e até uma princesa.

É possível identificar alguns brinquedos na estante do quarto de Lillebror, mas é com Knerten que ele brinca todo o filme, e com os restos de madeira deixados pelo carpinteiro, com o estoque encalhado de meias-calças coloridas que seu pai vende, meias que iriam para o lixo porque vieram com as cores “erradas”.

O filósofo Walter Benjamin fala dessa preferência que as crianças dão ao nosso lixo, detritos, retalhos. Qualquer objeto lhes serve de brinquedo:

“(...) é ocioso ficar meditando febrilmente na produção de objetos – material ilustrado, brinquedos ou livros – que seriam apropriados às crianças. Desde o Iluminismo é esta uma das mais rançosas especulações do pedagogo. Em sua unilateralidade, ele não vê que a Terra está repleta dos mais puros e infalsificáveis objetos da atenção infantil.*

Knerten explora bem essa característica infantil. Um pedaço de tronco vira o melhor amigo de Lillebror, restos de madeira e pregos transformam-se em castelos e uma cama para Knerten, galhos caídos na floresta são dragões. O mais interessante, no entanto, são os diferentes e criativos usos dados para as meias. Cenas que dão um colorido especial (em todos os sentidos) ao filme.

As canções norueguesas que compõe a trilha sonora são outro ponto forte de Knerten.


* Fragmento de: BENJAMIN, W. Reflexões; a criança, o brinquedo, a educação. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2002. p. 57

Andrea Garcez é doutoranda em Educação e integra o Grupo de Pesquisa em Educação e Mídia (GRUPEM), coordenado pela professora Rosalia Duarte e vinculado ao Departamento de Educação da PUC-Rio.